PERFIL MS

Mato Grosso do Sul que nasceu da divisão do estado do Mato Grosso no dia 11 de  outubro de 1977. Tem o privilégio de mostrar para o mundo uma região abençoada pela natureza: na sua estória, os mares de Xaraés como a origem do Pantanal; a  chegada dos primeiros  colonizadores em busca do ouro; sua cultura construída a partir da influência  da sua  ocupação humana datada,  de 10.000 A.C,  pelos indígenas  e da  proximidade com a fronteira.

Localizado na região Centro-Oeste do Brasil juntamente com Goiás, Mato Grosso e Distrito Federal faz divisa com cinco estados brasileiros: Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Goiás,  Mato Grosso; faz fronteira ao sul com o Paraguai e a  Bolívia, sendo banhado pelo sistema dos rios Paraná e Paraguai e seus afluentes. Sua vegetação  dominante tem características de cerrado.

O Pantanal, uma das maiores planícies de sedimentação e a maior planície inundável do mundo, tem aproximadamente 140 mil km², com 65% do seu território no estado de Mato Grosso do Sul. Apresenta fauna e flora de rara beleza e abundância, influenciado por quatro grandes biomas: Amazônia, Cerrado, Chaco e de Mata Atlântica que se estende até a Região da Serra da Bodoquena.  O Pantanal  foi reconhecido pela UNESCO, no ano 2000, como Reserva da Biosfera, por ser uma das mais exuberantes e diversificadas reservas naturais da Terra.

De origem e tradição agropecuária, MS tem na sua gastronomia uma resultante dos elementos culturais e naturais que construíram suas tradições e costumes, a variedade de peixes que se reflete numa culinária rica e exótica, o churrasco com mandioca que também é muito apreciado, assim como o  tereré (espécie de mate gelado), os doces caseiros feitos de frutas típicas da região. Da influência fronteiriça, destacam-se as saborosas chipa, a saltenha, a sopa paraguaia e o locro.  Dentre as manifestações culturais, no artesanato a expressão indígena é predominante com belíssimas peças rústicas e originais.

Todo esse mosaico natural e cultural  que o estado de Mato Grosso do Sul  abriga nos setenta e nove municípios, está à disposição para ser conhecido e desfrutado em dez regiões turísticas:

CAMINHO DOS IPÊS: Ribas do Rio Pardo, Nova Alvorada do Sul, Campo Grande, Jaraguari, Terenos, Rochedo, Corguinho, Rio Negro, Sidrolândia, Dois Irmão do Buriti;

BONITO – SERRA DA BODOQUENA: Bodoquena, Bonito, Jardim, Guia Lopes da Laguna, Bela Vista, Nioaque, Caracol, Porto Murtinho;

CAMINHOS DA FRONTEIRA: Amambai, Antonio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Laguna Carapã, Paranhos, Ponta Porã, Sete Quedas, Tacuru;

7 Caminhos da Natureza/CONE SUL: Juti, Naviraí, Itaquiraí, Iguatemi, Eldorado, Japorã, Mundo Novo;

GRANDE DOURADOS: Maracaju, Rio Brilhante, Douradina, Itaporã, Deodápolis, Glória de Dourados, Fátima do Sul, Dourados, Vicentina, Caarapó;

VALE DAS ÁGUAS: Angélica, Batayporã, Ivinhema, Jateí, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Taquarussu;

COSTA LESTE: Aparecida do Taboado, Selvíria, Três Lagoas, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Bataguassu, Anaurilândia;

ROTA NORTE: Bandeirantes, Camapuã, São Gabriel d´Oeste, Rio Verde, Coxim, Pedro Gomes, Sonora, Figueirão, Alcinópolis, Costa Rica, Paraíso das Águas;

PANTANAL: Corumbá, Miranda, Aquidauana, Ladário, Anastácio;

 

Formação Histórica

Desmembrado de Mato Grosso por Lei Complementar de 11 de outubro de 1977, é transformado em Estado em 01 de janeiro de 1979, com a posse do primeiro Governador e da Assembléia Constituinte.

 

Governadoria

Governador: Reinaldo Azambuja

Sigla: MS

Hora Local: 01h a menos em relação à Capital, Brasília

Capital: Campo Grande

Localização: Sul da Região Centro-Oeste

Extensão Territorial*: 357.124,96 Km2 (4,19% da área do país)

Altitude*: Máxima: 1.065 m (Morrarias de Urucum, no município de Ladário).  Mínima: 80 m (no município de Corumbá)

Densidade Demográfica*: 5,82 hab./Km2 (2000)

Número de Municípios*: 78

Número de Distritos*: 87

População: 2.265.274 hab. (Censo IBGE 2007)

Denominação dos seus habitantes: Sul-mato-grossense

Densidade Demográfica: 5,82 hab/km²

Altitude: 532 m

Clima: Tropical semi – úmido

Principais Cidades: Campo Grande, Dourados, Corumbá  e Três Lagoas

Limites Geográficos*:

Norte: Mato Grosso e Goiás

Sul: Paraguai e Paraná

Leste: Minas Gerais e São Paulo

Oeste: Paraguai e Bolívia

Posição Geográfica Estratégica: Facilidade de Escoamento

Atividades Econômicas: agricultura, pecuária, extração-mineral, indústria e  turismo

→ Agricultura – algodão, arroz, cana-de-açúcar, feijão, mandioca, milho, soja e trigo

→ Pecuária e criações – bovinos, suínos, equinos, ovinos e galináceos

→ Extração Mineral – ferro, manganês e calcário

→ Indústria – alimentícia, de cimento e de mineração

→ Turismo – de natureza, negócios e eventos, histórico cultural, pesca esportiva

PIB/2006*: 24,3 bilhões

Data Comemorativa – Criação do Estado: 11 de outubro (feriado estadual)