Um dos principais equipamentos de fomento ao Turismo de Eventos e Negócios completa 24 anos

Campo Grande (MS) – Desde sua inauguração, o Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo recebeu inúmeros eventos de negócios, shows, espetáculos, congressos, simpósios e palestras com especialistas de renomes nacional e internacional. Considerado um importante equipamento para a indústria do Turismo e consequentemente para o crescimento da economia, o espaço completa neste mês 24 anos.  O Centro de Convenções contribuiu para que Mato Grosso do Sul tornasse um centro de negócios e eventos. Neste último ano realizou mais de 200 eventos de pequeno, médio e grande portes.

Fundado em 24 de maio de 1994 (decreto nº7.804), o Centro de Convenções – ainda conhecido como Palácio Popular da Cultura é o maior espaço de eventos de Mato Grosso do Sul, importante para o fomento do Turismo de Eventos e Negócios, segmento do turismo consolidado na Capital Morena.

Está localizado no Parque dos Poderes, em uma das maiores reservas ecológica e urbana do Centro-Oeste, num mosaico de belezas naturais convida os visitantes a contemplar as cores e belezas do lugar. No Parque dos Poderes estão reunidos o Executivo, Legislativo e Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Espaços

Dotado de quatro auditórios, tem capacidade total de 1483 lugares, uma área de 1726 m² para exposições, eventos e feiras, além de restaurante, lanchonete, sala VIP, sala de imprensa e ambulatório para emergências médicas. Possui infraestrutura adequada para a realização de convenções, congressos, shows, palestras, treinamentos e apresentações culturais.

O auditório principal, Manoel de Barros, com capacidade para 1040 lugares, é na verdade um anfiteatro, dotado de poltronas anatômicas, palco de 23 metros com dois acessos laterais e com 12 metros de profundidade, vara de iluminação fixa, telão para projeção, quatro cabines, sala de aquecimento, seis camarins, sendo quatro individuais.

O Centro de Convenções conta ainda com outros três auditórios independentes, com capacidade para realização de eventos diferentes, simultaneamente ou interconectados através de transmissão simultânea por telão, sendo eles: Auditório Germano Barros de Souza, com 196 lugares; Auditório Pedro de Medeiros, com 135 lugares e Auditório Tertuliano Amarilha, com 109 lugares. Todos os auditórios contam com iluminação simples e sistema independente de climatização.

Prêmios

Como um dos maiores Centro de Convenções do Centro-Oeste, já foi premiado diversas vezes, onde se destacam: Prêmio Imprensa de Turismo, pela Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo; Troféu de Qualidade Lojista, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande/MS; Jacaré de Ouro Prêmio Caio; Jacaré de Prata Prêmio Caio e Jacaré de Prata e Ouro Caio.

Criado pela revista Eventos e realizado pela Expo Editores, o Prêmio Caio conta com o apoio de entidades como a Associação Brasileira dos Bacharéis em Turismo (ABBTUR), Fórum dos Secretários de Turismo, Resorts Brasil, entre outras. O Prêmio tem como objetivo estimular a atividade de turismo de eventos, promover, difundir e aprimorar a utilização de uma das mais modernas e eficazes ferramentas de marketing da promoção de eventos, elegendo as melhores empresas, profissionais e empreendimentos do setor.

Em 2002, o Centro de Convenções, faturou ouro e, em 2003 prata na categoria Centro de Convenções e Exposições, e 2004 novamente recebe ouro como o melhor exemplo de eventos da região.

Raquel dos Passos, Assessoria de Comunicação do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul.

Galeria de Imagens: