Rally dos Sertões: sucesso do evento consolida turismo e esporte como forma de desenvolvimento econômico

Bonito (MS) – Em três dias por Mato Grosso do Sul, o Rally dos Sertões mobilizou milhares de pessoas, injetou pelo menos R$ 15 milhões na economia estadual e consolidou o esporte como forma de desenvolvimento e diversificação da economia local. Para o Governo do Estado, que apoiou o evento, o objetivo foi cumprido com sucesso.

Titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck destaca que a ideia inicial era divulgar o Estado por meio do evento, o que foi realizado com sucesso. “Isso tudo mostra que a estratégia do Governo de buscar eventos relevantes e de âmbito nacional para divulgar o Estado, foi acertada e efetivamente conseguiu cumprir o seu papel”.

De acordo com ele é importante lembrar que esta é uma prova esportiva de repercussão internacional. “Então é através de um evento esportivo que nós conseguimos divulgar as potencialidades econômicas e o turismo do Mato Grosso do Sul”, destaca.

O secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna, afirma que sediar um evento como este é uma forma de você diversificar a economia sul-mato-grossense em setores que são novos no mercado. “Nós estamos acostumados com as cadeias produtivas do agronegócio, indústria de alimentos, a gente não consegue ver o turismo, o esporte como alternativas de desenvolvimento econômico”.

Economia aquecida

Na primeira cidade de MS, o Rally dos Sertões lotou 80% dos hotéis de Coxim. Em Aquidauana houve lotação máxima e os empresários de Bonito também comemoraram. A cidade tradicionalmente turística registrou lotação em 80% dos seus 5,5 mil leitos.

Guilherme Miguel Poli, proprietário do Resort Zagaia, afirma que se fosse um final de semana comum não teria nem 10% do movimento que teve hoje na cidade, devido ao período de baixa temporada. O Zagaia está 100% lotado neste fim de semana em decorrência do público do Rally dos Sertões.

O diretor presidente da Fundtur (Fundação de Turismo de MS), Bruno Wendling, afirma que o Rally dos Sertões foi extremamente importante para o turismo do Estado, ainda mais por acontecer em uma época de baixa temporada, quando o movimento seria baixo.

“Ao contrário do que aconteceu nas outras cidades, em Bonito boa parte das equipes vai ficar mais uns dias, conhecer a cidade e movimentar ainda mais a economia por aqui. Apesar de ser uma cidade mundialmente conhecida, estamos em baixa temporada e o rally ajuda muito o turismo local”, diz ao destacar que o evento projeta o nome da cidade em uma competição nacional, despertando o interesse de outras pessoas em conhecer a cidade e o Estado.

 

 

 

 

 

 

 

Priscilla Peres – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) | Foto:  Victor Eleuterio e Priscilla Peres